Clínica de Prática Jurídica I

Ementa: 

As clínicas de Prática Jurídica da DIREITO GV visam oferecer experiências de prática jurídica capazes de desenvolver habilidades e conhecimentos adquiridos nas etapas teóricas e práticas anteriores do curso, por meio de clínicas temáticas que permitirão a imersão do aluno em ambientes física e intelectualmente mais próximos da realidade de um escritório de advocacia ou de uma equipe de assessoria jurídica.

O Escritório-Modelo da DIREITO GV conta com seis clínicas permanentes, que abordam os temas de Direito dos Negócios, Direito Penal Econômico, Direito Público dos Negócios, Direito Tributário, Mediação e Negócios Inclusivos. Cada uma dessas clínicas é composta por um advogado-orientador e uma equipe de até dez alunos do curso de graduação, contando ainda com o suporte de uma equipe de apoio acadêmico e administrativo e, eventualmente, com a interlocução e colaboração de parceiros institucionais ou colaboradores de outras disciplinas.

A metodologia de ensino da prática jurídica no Escritório-Modelo pretende se aproximar o máximo possível da experiência real da advocacia, desenvolvendo exercícios de prática jurídica criados a partir de casos concretos, reais ou simulados.

OBJETIVOS
Competências
(i). Tomada de decisões de forma autônoma.
(ii). Trabalho em equipe.
(iii). Trabalho com dilemas éticos.

Habilidades
(i). Redação de documentos jurídicos.
(ii). Negociação.
(iii). Formulação de estratégias na área temática escolhida.

Bibliografia: 

REFERÊNCIAS OBRIGATÓRIAS
FERNANDES, Wanderley (coord.). Contratos empresariais: fundamentos e princípios dos contratos empresariais. São Paulo: Saraiva, 2009.
GHIRARDI, José Garcez. VANZELLA, Rafael Domingos. Ensino Jurídico Participativo. São Paulo: Saraiva, 2009.
WYDICK, Richard C. Plain English for Lawyers. 5.ed. Durham: Carolina Academic Press, 2005.

REFERÊNCIAS COMPLEMENTARES
BADARÓ, Gustavo Henrique Righi Ivahy; BOTTINI, Pierpaolo Cruz. Lavagem de dinheiro: aspectos penais e processuais penais, comentários à Lei 9.613/1998 com as alterações da Lei 12.683/2012. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2012. 383p.
CRISTIANO, Romano. Empresa é risco: como interpretar a nova definição. São Paulo: Malheiros, 2007. 318p.
MILLER, Roger; LESSARD, Donald R. (Orgs.). The strategic management of large engineering projects – shaping institutions, risks and governance. Hong Kong: MIT, 2000.
PINTO JUNIOR, Mario Engler. Empresa estatal: função econômica e dilemas societários. São Paulo: Atlas, 2010.
RIBEIRO, Maurício Portugal. Concessões e PPPs. Melhores práticas em licitações e contratos. São Paulo: Atlas, 2011.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede