DIREITO SP participa de debate sobre Plano de Bairro Bela Vista 2020

15/04/2013[Atualizado em: 17/04/2017 - 08:53]
Plano de Bairro Bela Vista 2020

Uma perspectiva de ter um bairro melhor. Essa é a ideia do Plano de Bairro Bela Vista 2020, debatido na DIREITO SP no dia 10 de abril, por professores, estudantes e funcionários da instituição. Maria Paula Puglini, integrante da Rede Social Bela Vista, que é voltada para o desenvolvimento sustentável do bairro da Bela Vista, foi a responsável pela mediação dos debates.

“Temos na Bela Vista um grupo de pessoas que se reúnem há seis anos para pensar em medidas para melhorar a qualidade de vida do bairro. Há dois anos, começou a se perceber que era necessário um planejamento urbano com ideias e projetos viáveis para se chegar a esse objetivo. A partir dessas constatações, começamos a construir o plano de desenvolvimento local”, explica Maria Paula.

O documento apresenta propostas de melhoria para o comércio, lazer, cultura, moradia, segurança, saúde e qualidade ambiental. Por meio de uma dinâmica em grupo, os convidados fizeram sugestões sobre o que poderia ser melhorado. Uma das sugestões foi ampliar o segmento "saúde" para ‘saúde e assistência social’.

Novas propostas também foram sugeridas. Entre elas, desenvolver trabalho social junto aos cortiços do bairro; fomentar diálogos entre setor público e privado;  promover campanhas sobre dependência de psicoativos; implementar bicicletário;  promover integração entre o ensino público e privado; promover maior integração entre rede de saúde pública e privada; promover uma relação maior entre os alunos da rede pública e o ambiente/cultura do bairro, visando à maior integração deles com os problemas e realidade local.

O objetivo é  também que o Plano de Bairro forneça subsídios ao Plano Diretor da Cidade, uma vez que legitima as demandas da comunidade.

Desde 2010, a Clínica de Mediação e Facilitação de Diálogos, da DIREITO SP, desenvolve atividades relacionadas a mediação junto a Rede Social Bela Vista. “Esperamos, com este trabalho, aumentar o engajamento não só da DIREITO SP, mas também dos moradores e comerciantes do bairro, para o desenvolvimento de um plano de bairro para a Bela Vista, e que o trabalho tenha uma continuidade”, diz a professora Daniela Monteiro Gabbay.

Comentários

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede