Graduação

Como conheceremos o tema a ser debatido no Exame Oral?

Assim como na prova escrita, a situação-problema e seus subtemas serão conhecidos pelos candidatos apenas após o início do Exame Oral. Haverá temas distintos para distintas datas e distintos horários de aplicação do Exame.

Como é o vestibular?

O Processo Seletivo da DIREITO SP segue princípios semelhantes aos que orientaram a montagem do curso. Em primeiro lugar, não se adotou prova de múltipla escolha. A primeira fase terá provas com questões analítico-expositivas, das seguintes matérias: 1) Redação; 2) Língua Portuguesa; 3) Inglês; 4) Geografia; 5) História; 6) Raciocínio Lógico-Matemático; 7) Artes Visuais e Literatura. O conteúdo programático das provas da primeira fase foi bastante reduzido em relação aos vestibulares tradicionais para priorizar a avaliação da capacidade argumentativa do aluno e não sua capacidade de memorização de uma grande quantidade de informações. A segunda fase consiste num Exame Oral que será realizado em pequenos grupos de alunos que debaterão uma situação-problema proposta pelos examinadores.

Como posso me preparar para a prova de Artes e Questões Contemporâneas?

Essa prova cumpre os mesmos objetivos gerais de selecionar candidatos capazes de articular um olhar crítico sobre a realidade. Para isso, solicita que o candidato seja capaz de realizar leituras consistentes sobre diferentes objetos e linguagens nos campos da arte e da cultura.  No caso de Literatura mais do que o conhecimento sobre estilos de época ou informações gerais sobre movimentos literários, é esperado do candidato que seja capaz de oferecer sobretudo a leitura crítica de textos fundamentais. Espera-se, portanto, que o candidato demonstre competência analítica, comparativa e interpretativa, relacionando a significação das obras com o contexto histórico e social em que elas se inserem.
Neste ano foi introduzida uma inovação de conteúdo relacionada às questões contemporâneas.  Neste novo repertório que envolve abordagens sociológicas, filosóficas e culturais, usualmente também denominado de humanidades, focalizou-se em dois grandes temas contemporâneos: a Globalização e a transição da modernidade para a pós-modernidade. O que se procurou ao introduzir estes dois eixos temáticos foi exigir do candidato mais do que a leitura e domínio conceitual dos textos. Buscou-se exigir, sobretudo, a capacidade de articulação das questões contemporâneas em suas diversas abordagens, sejam elas morais, políticas, filosóficas, culturais ou sociológicas, com o repertório artístico e literário que também compõe este exame. Deste modo, o que se exige do candidato é especialmente a capacidade de estabelecer vínculos críticos e analíticos entre expressões artísticas e processos sociais de sua época.
A organização do programa delimita algumas obras fundamentais dos séculos XX e XXI, tanto internacionais como brasileiras. Indica, também, bibliografia e sites, atendendo a duas finalidades básicas: permitir ao candidato o contato com uma produção artística significativa, ainda que pouco extensa; e orientá-lo no estudo, visto que a exigência dos conteúdos aqui indicados é, em certa medida, inédita.

Como posso me preparar para o Exame Oral?

O Exame Oral será a oportunidade de o candidato demonstrar, entre outras coisas, sua capacidade de expressão oral, através da abordagem da situação-problema proposta. Algumas habilidades que serão exigidas no Exame Oral, já expostas acima, devem ter sido desenvolvidas ao longo de toda a trajetória educacional do candidato.

Como será o Exame Oral?

O Exame Oral será realizado em grupos de, em média, dez candidatos, e terá três etapas distintas:

1a etapa: apresentação individual
Os candidatos conhecerão alguns subtemas relacionados à situação-problema central e deverão escolher um, dentre eles, para uma apresentação de, no máximo, 2 minutos, com tolerância máxima de 20 segundos para conclusão da ideia ou frase. A ordem de apresentação será sorteada e todos os candidatos assistirão à exposição dos demais.
2a etapa: trabalho em grupo
Concluídas as apresentações individuais, os candidatos são informados da sistemática das etapas II e III. Formam-se dois grupos. Apresenta-se a situação-problema a ser discutida e definem-se as duas teses com as quais os grupos trabalharão nessa segunda etapa. Cada grupo será responsável por uma delas, sempre oposta à do outro grupo, ou em conflito com esta e terá o tempo previsto de até 15 minutos para construir, internamente, a argumentação necessária para a defesa de sua tese. Nessa etapa, a tarefa fundamental é o desenvolvimento do trabalho em grupo.
3a Etapa: discussão intergrupos
Todos os candidatos são dispostos em um grande círculo e inicia-se o debate entre os dois grupos constituídos na Etapa II. O propósito dessa Etapa III é a apresentação e defesa das teses opostas discutidas anteriormente, bem como a tentativa de demonstração da validade e eventual superioridade de uma tese sobre a outra. Essa etapa tem duração prevista de até 25 minutos.

O examinador presente explicará detalhadamente todas as regras que disciplinam a atividade do debate, a lógica de funcionamento de cada etapa, a forma pela qual cada candidato pode intervir na discussão etc.

O que o Exame Oral pretende avaliar?

O Exame Oral avalia a capacidade de enfrentar situações-problema; de expressar-se com rigor, em especial, oralmente; de trabalhar em grupo, de interagir tendo em vista as necessidades coletivas, de liderar e/ou reconhecer lideranças legítimas; de distinguir ideias pertinentes em maior ou menor grau; e de debater e formular argumentos bem construídos.

O que será avaliado na primeira fase?

 A primeira fase do vestibular pretende examinar as seguintes capacidades:

1) Leitura e compreensão de textos;
2) Produção de textos adequados às diferentes necessidades e circunstâncias, fazendo uso de recursos expressivos e retóricos, tais como coerência, clareza, precisão lexical e argumentação exaustiva;
3) Observação e interpretação de documentos, tais como textos, mapas, gravuras, pinturas, caricaturas e gráficos;
4) Reflexão sobre a linguagem musical e poética de um repertório próximo de sua experiência cotidiana;
5) Raciocínio, argumentação e crítica;
6) Análise e síntese;
7) Habilidade em diagnosticar situações e propor formas de intervenção;
8) Utilização do conhecimento para compreender o mundo em que vive.

Por que o Exame Oral?

A DIREITO SP, depois de um longo processo de discussão a respeito, concluiu que um processo seletivo deve procurar conhecer o aluno da maneira mais abrangente possível. Uma prova exclusivamente escrita não tem como avaliar uma série de habilidades que a Escola valoriza. O Exame Oral, neste sentido, permite perceber características que escapam de uma prova exclusivamente escrita.

Quais serão os locais de realização das provas?

Na primeira fase as provas poderão ser realizadas em diferentes cidades: Bauru, Brasília, Campinas, Curitiba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e São Paulo, dependendo de um número mínimo de inscritos em primeira opção para cada cidade, conforme explicação do manual do candidato. Já na segunda fase, o Exame Oral ocorrerá apenas na cidade de São Paulo.

Qual é o calendário do vestibular?

 

Calendário do Vestibular 2014
PROGRAMAÇÃO DATA
Publicação do Editorial 21/06/2013
Início das inscrições e publicação do manual 08/07/2013
Fim das inscrições 16/10/2013
Divulgação dos locais de provas da 1ª fase 28/10/2013
Provas da 1ª fase 10 e 15/11/2013
Publicação dos classificados para 2ª fase 06/12/2013
Divulgação dos locais de provas para 2ª fase 06/12/2013
Exame Oral 09 a 13/12/2013
Resultado final (convocados para matrícula) 20/12/2013
Matrícula de convocados na 1ª chamada 03/02/2014
Divulgação de convocados na 2ª chamada 04/02/2014
Preenchimento da Declaração de interesse de vaga 04 a 06/02/2014
Matrícula de convocados na 2ª chamada 06/02/2014
Convocação de matrícula de candidatos que preencheram Declaração de interesse de vaga A partir de 07/02/2014
Início das aulas de calouros 13/02/2014
Prazo para desistência da vaga 17/02/2014

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede