O dobro ou nada: a regulação de jogos de azar

Edição: 
Revista DIREITO GV 16
Autor: 
Carlos Emmanuel Joppert Ragazzo e Gustavo Sampaio de Abreu Ribeiro
Resumo (abstract): 

Este artigo discute a possível legalização de jogos de azar no brasil a partir de uma abordagem racional sobre os objetivos regulatórios a serem perseguidos. inicialmente são analisados os principais argumentos utilizados para legal izar os jogos no Brasil. A seguir os autores identificam e elaboram os potenciais custos e benefícios associados pela literatura a determinados tipos de jogos. Por fim, também serão apresentados e discutidos elementos atualmente fora do, ou marginais ao debate, os quais os autores consideram para se pensar em diferentes linhas de ação para regular jogos de azar, e uma análise mais pormenorizada de variáveis importantes para a regulação do setor. A proposta deste artigo é apontar um direcionamento para o debate sobre jogos de azar no Brasil de forma a torná-los viáveis.