Relações internacionais

A inserção mundial da DIREITO SP envolve alunos, professores e pesquisadores e é estimulada devido à visão institucional de que a vivência internacional é fundamental para formar advogados preparados a atuar em um mundo globalizado.

Nesse sentido, a Escola já pode ser considerada uma das mais internacionalizadas no país. Seus professores e pesquisadores possuem experiência e exposição internacional, e o caráter inovador de ensino atrai cada vez mais a atenção de instituições de ensino de todos os continentes, o que resulta em parcerias sólidas para o processo de discussão e construção de ações coletivas.

Por meio da realização de cursos e pesquisas em conjunto, a aproximação com as principais universidades estrangeiras vem fortalecendo a atuação da Escola no cenário global. Tal internacionalização tem possibilitado ainda mais a inserção de alunos e professores da DIREITO SP nas discussões das principais pautas mundiais

Dentre as oportunidades que se apresentam ao longo do curso, destaca-se a opção de participar de programas de intercâmbio acadêmico com outras escolas de direito. Dessa forma, os alunos do 4° ou 5° ano de graduação ou do 3º semestre da especialização têm a oportunidade de realizar parte do seu curso em alguma instituição de renome no exterior com equivalência de créditos na DIREITO SP.

Tal experiência é estimulada devido à crença da Escola de que a vivência internacional é fundamental para formar advogados preparados para atuar em um mundo globalizado. Por meio destes programas incentiva-se o relacionamento com outros ordenamentos jurídicos nacionais, bem como um crescente conjunto de normas internacionais. Esse conhecimento é essencial para qualquer advogado que pretenda ter uma atuação internacional.

Para poder propiciar alternativas de curso à altura de seu curso, a DIREITO SP firmou programas de intercâmbio com instituições de renome no exterior.

Além dos programas de intercâmbio, a Escola também estimula a vivência internacional do aluno através de outras ações, tais como a realização de seminários e conferências internacionais, bem como intercâmbio docente com outras escolas de direito. Tais medidas propiciam um cenário onde a pesquisa e o ensino em Direito devem estar abertos ao diálogo constante com o exterior, contribuindo assim para o enriquecimento do ambiente acadêmico da escola.

Global Law Program

O Global Law Program consiste num conjunto de disciplinas que prepara advogados para atuar no cenário internacional, no qual o Brasil tem participação crescente. Conduzido inteiramente em inglês por professores da DIREITO SP e professores visitantes, além de introduzir o ordenamento jurídico brasileiro a alunos estrangeiros, promove amplos debates sobre temas de relevância global sob uma perspectiva brasileira e estimula discussões com enfoque multidisciplinar. O programa reuniu alunos da graduação (do 4º ciclo), do mestrado, das especializações e da Escola de Administração de Empresas da FGV (EAESP), tanto brasileiros quanto estrangeiros. Em contrapartida, os estudantes da DIREITO SP podem se inscrever em disciplinas do International Program in Management (IPM) e do Master in International Management (MPGI), ambos da EAESP.

O Global Law Program tem atraído alunos e professores da África do Sul, da Espanha, da França, da Índia, de Israel, da Rússia e dos EUA, consolidando-se uma referência internacional.

Law Schools Global League

A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (DIREITO SP) e a Tilburg University, da Holanda, em uma ação conjunta, criaram a Law Schools Global League (LSGL), um projeto pioneiro, de âmbito mundial, que pretende dar respostas aos novos desafios impostos pela globalização econômica, política e financeira no ensino tradicional do Direito.

A LSGL tem como objetivo mapear interesses comuns, facilitar a cooperação em pesquisa e métodos de ensino; buscar novos talentos na área acadêmica para aumentar a exposição internacional; criar métodos de treinamento e ensino para atender a demandas de internacionalização da profissão jurídicas.

                                                                                                                                                                 

Educação Executiva Presencial, Customizada e a Distância

                                                                                                                                                70 Anos FGV            FGV Notícias         FGV News