Lançado em Brasília livro “Fortalecimento dos Povos e das Organizações Indígenas”

08/05/2019[Atualizado em: 08/05/2019 - 15:22]

A FGV em Brasília recebeu, no dia 23 de abril, o seminário Povos Indígenas e Conjunturas Atuais, seguido do lançamento do livro Fortalecimento dos povos e das organizações indígenas. O evento foi realizado um dia antes do início das atividades do Acampamento Terra Livre, encontro anual que reuniu lideranças para chamar atenção para as demandas da população indígena.

O seminário foi organizado pela FGV Direito SP e pelo escritório Dora Azambuja e Oliveira Advocacia para Direitos Humanos. Na abertura, a pesquisadora da FGV Direito SP, Aline Souza, afirmou que qualquer caminho a ser trilhado na busca da garantia de direitos e defesa da democracia passa necessariamente pelo diálogo com os povos indígenas. “Por isso é tão importante poder construir espaços de diálogo e escuta atenta, como é o caso deste seminário”, disse.

Paulo Celso de Oliveira Pankararu, advogado sócio do escritório Dora Azambuja e Oliveira Advocacia para Direitos Humanos, ressaltou que “a realização dos seminários e a publicação do livro como resultado dos debates com a participação de lideranças, advogados indígenas e pesquisadores propiciou um importante aprendizado a partir das diferentes concepções”.

A primeira edição do seminário aconteceu em 2017 (assista AQUI) e contou com a realização de um dia de workshop jurídico com conversas e trocas de experiências entre acadêmicos, lideranças e gestores de organizações indígenas e indigenistas. Nesta segunda edição do Seminário, houve a palestra de seis lideranças indígenas com falas em defesa da Constituição, por garantia de direitos e também relatos de ameaças e violações. Participaram do evento Telma Taurepang, coordenadora Geral da União das Mulheres Indígenas da Amazônia Brasileira (UMIAB); Angela Amanakwa Kaxuyana, coordenadora tesoureira da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB); Eliésio Marubo, diretor da Diretoria Jurídica da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (UNIVAJA); Lindomar Terena, da Articulação dos Povos indígenas do Brasil (APIB), e Eder Alcântara Oliveira, da Coordenação do Conselho Terena.

Telma ressaltou que “como mulher que está à frente de uma organização como a UMIAB, é um privilégio estar ao lado de novos líderes que tenham conhecimento jurídico e podem auxiliar no fortalecimento das organizações e dos povos indígenas”. Diversos advogados indígenas acompanharam o seminário.

Após o evento, foi realizado um debate e sessão de autógrafos com os autores do livro “Fortalecimento dos Povos e das Organizações Indígenas”. A discussão na academia foi celebrada por Eder Alcântara Oliveira, da Coordenação do Conselho Terena. “O livro contribuirá para divulgar nas faculdades e universidades a luta das nossas organizações tradicionais e povos por nossos direitos”, afirmou.

Coordenada por Paulo Pankararu, a obra teve a participação de outros 10 autores que desenvolveram estudos sobre liberdade de organização, tributação e relacionamento de organizações indígenas com o poder público. No lançamento, estiveram presentes a advogada Laís Lopes e Rosivaldo Teles, da Federação das Organizações do Rio Negro, além de Denise Dora, sócia do escritório organizador do evento. Também participou da mesa de debates Thierry Dudermel, chefe do setor de Cooperação da Delegação da União Europeia no Brasil – uma das instituições, que ao lado de Ford Foundation e outras, apoiaram o seminário em 2017 e o workshop que geraram a ideia do desenvolvimento do livro.

Acesse aqui a versão eletrônica do livro Fortalecimento dos Povos e das Organizações Indígenas 

Comentários

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede