Pesquisadora da FGV Direito SP debate desafios da participação feminina na economia em evento do Banco Mundial e Sebrae

22/08/2019

A pesquisadora Ligia Paula Pires Pinto, coordenadora do Grupo de Estudos em Direito, Gênero e Identidade da FGV Direito SP, participou do seminário Mulheres, Empresas e o Direito: Uma análise de avanços e desafios à participação feminina na economia, na Escola Superior de Empreendedorismo (ESE), em São Paulo no dia 8 de agosto.

O encontro, organizado pelo Banco Mundial, FGV e Sebrae, também contou com as participações de Junia Nogueira de Sá, fundadora da Rede Mulher Empreendedora, Renata Malheiros, coordenadora nacional de projetos de empreendedorismo do Sebrae, e Paula Tavares, advogada especialista sênior em Direito da Mulher do Banco Mundial.

Por meio da exposição de uma série de dados, Ligia concluiu que o Brasil está muito atrás em termos de desenvolvimento de uma legislação que regule e proteja de forma adequada uma licença parental.

Em relação ao empreendedorismo feminino, a pesquisadora avaliou que, apesar de ser um dos países mais empreendedores do mundo, o Brasil não oferece condições para que as mulheres sejam bem-sucedidas em seus projetos.

“As mulheres hoje correspondem a 51% dos empreendedores brasileiros, segundo dados do Sebrae, no entanto os negócios liderados por mulheres faturam 22% menos que os dos homens. Isso se deve ao menor tempo de dedicação que elas exercem devido à jornada tripla de trabalho”, explica.

Comentários

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede